Notícias 2011

< Ver 2010 > < 2009 > < 2008 >
< 2007 > < 2006 >

Janeiro | Fevereiro |Março | Abril | Maio | Junho | Julho | Agosto | Setembro | Outubro | Novembro | Dezembro

 

¬ Dezembro

A Consagração e a aprovação dos Estatutos

A Situação e a Oposição no Círculo Cultural Scalabitano

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

Visita do Ministro da Educação ao CCS, dia 15 de Março de 1957. Arquivo CCS Entre 1955 e 1959, viveram-se no Círculo Cultural Scalabitano momentos de entusiasmo e grande afirmação cultural. Ora, a primeira direcção eleita a 29 de Dezembro, tomou posse no dia 3 de Janeiro de 1955 , data da sua primeira reunião.
A Consagração
A consagração do Círculo Cultural iniciou-se com o anterior prestígio alcançado pelo Grémio Literário Guilherme de Azevedo, bem como pelo reconhecimento nacional do Orfeão Scalabitano, do qual herdou o grau de comendador da Ordem de Benemerência , atribuída em 1932.
No entanto, ganhou de imediato merecimento próprio quando, a enorme actividade organizada pelas diferentes secções, encontrou junto dos escalabitanos, das instituições oficiais e privadas e da administração local e central, o apoio e o patrocínio que lhes permitiu expandir o seu nome por todo o país, sendo as suas secções bastante vezes requisitadas para aureolar diversas festividades e comemorações.
Artigo completo.
[Luísa Barbosa]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. em 30 de Dezembro de 2011

Musical “Já é Natal?”

“Encantou no Casino da Figueira da Foz”

16 de Dezembro

Musical
Podia ler-se na edição de 16 de Dezembro do jornal O Figueirense Site Externo., a propósito do espectáculo realizado pelo CCS no dia 11 no Casino da Figueira da Foz para o qual estiveram envolvidos cerca de 50 intervenientes.
Citando um parágrafo da dita notícia:
[...]“O Coro Infantil e a Academia de Dança do Círculo Cultural Scalabitano recriaram, num espectáculo dedicado às famílias, alguns dos grandes clássicos de Natal. Apostando numa nova roupagem, através de estilos muito diversos, do ballet à dança contemporânea, em registos que foram do modelo "High Scholl Musical" a Pina Baush, o espectáculo seduziu também, pela cor dos cenários e guarda-roupa”[...]
A reportagem no Figueirense.
As fotos da estreia no TSB por Inês Miranda

Sarau Anual

Comemora 57 anos cheios de vida

3 a 18 Dezembro

Programa de 3 a 18 Dezembro

O Círculo Cultural Scalabitano comemorou no passado sábado dia 3 de Dezembro, o seu 57º aniversário, com uma gala que decorreu no renovado Teatro Taborda.
Actuaram as secções e academias, numa demonstração da vitalidade e da diversidade de oferta cultural que atualmente oferecem a Santarém.
Texto completo
[Nuno Domingos]

Concerto da O.T.S.

Almeirim 12/11/11

Clique na ligação abaixo para visualizar as fotos da Orquestra Típica Scalabitana no seu concerto em Almeirim realizado a 12 do passado mês de Novembro.
As imagens desta apresentação no Facebook da OTS.

A fundação e composição social

A Situação e a Oposição no Círculo Cultural Scalabitano

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

Primeira Direcção do CCS eleita em 27/12/1954 O ano de 1954 apresentou-se auspicioso para a cidade de Santarém e para o concelho, tendo ficado marcado pela construção de importantes obras públicas como a inauguração do Tribunal de Santarém, o início dos arranjos do Campo Sá da Bandeira e, conta-se ainda, como uma importante expressão do crescimento económico do distrito a criação da Feira do Ribatejo e a constituição do Círculo Cultural que resultou da fusão do Orfeão escalabitano e do Clube Literário Guilherme de Azevedo
Artigo completo.
[Luísa Barbosa]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. no dia 9 de Dezembro de 2011

1954-1974

A Situação e a Oposição no Círculo Cultural Scalabitano

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

Arranjos do Campo Sá da Bandeira, iniciados em 1954. Fonte Arquivo de Zeferino A. Silva O Círculo Cultural festeja agora o seu 57º aniversário e, durante os 20 anos a que se referem os próximos artigos relativos à história da sua acção.
Esta associação deteve uma enorme presença e influência no panorama social e cultural da Cidade e também do país, à época sob o governo ditatorial e totalitário de Salazar. Este sucesso, num regime político que perseguia e dificultava a vida associativa de tradições democráticas, deveu-se essencialmente a um compromisso entre aqueles que na direcção, ou nas suas secções, representavam a Situação e aqueles que se manifestavam como Oposição ao regime que então se vivia. . Artigo completo.
[Luísa Barbosa]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. no dia 25 de Novembro de 2011

Reflexos

ASSOCIATIVISMO II DO MODELO À ACÇÃO

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

No último número iniciei neste espaço uma reflexão sobre as Associações Culturais e um modelo de acção para o seu funcionamento. Terminei enunciando algumas preocupações directamente ligadas ao seu funcionamento e, mais importante, à postura que considero deve ser aquela que deverão privilegiar, tendo terminado o artigo anterior numa referência ao papel a desempenhar pelos voluntários na organização.
Hoje em dia esse papel é cada vez mais reconhecido e também cada vez mais procurado a diversos níveis e áreas da intervenção na comunidade. Assim acontece nas organizações de economia social, assim acontece no desporto, assim acontece cada vez mais nas instituições da “economia cultural”, se se me permite a expressão. Artigo completo.
[Nuno Domingos]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. no dia 18 de Novembro de 2011

Reflexos

ASSOCIATIVISMO REFLEXÕES EM TORNO DE UM MODELO

Texto disponível a comentários no BLOG do C.C.S.

Segundo Michael Kraiser, reflectindo sobre as questões de cultura e de gestão cultural numa conferência em Setembro de 2010 no CCB, as Associações Culturais e os Agentes Artísticos, de um modo geral, têm um problema de receitas, não um problema de custos. O normal é conseguirem fazer muitas coisas com poucos recursos, reconhecendo que o que ainda não sabemos é como criar receitas e precisamos de fazê-lo de maneira consistente. Artigo completo.
[Nuno Domingos]
Publicado no Correio do Ribatejo Site Externo. no dia 3 de Novembro de 2011

Apresentação do livro de poesia “Com o Cachimbo de Meu Pai”

Comemorações do 57.º do CCS

Sobre a apresentação ocorrida a 17 de Dezembro

A apresentação deste livro “Com o Cachimbo de Meu Pai” foi um êxito... O CCS encheu-se com rostos novos e alguns de âmbito nacional... Carlos Carranca é um poeta, um professor universitário, um declamador um homem de cultura.
Em Santarém quis fazer uma homenagem a Carlos Roque de Oliveira e Sousa que era seu pai e o homem do “cachimbo”, director do Orfeão Scalabitano e do Círculo Cultural, teve uma acção importante na vida comercial em Santarém por ter liderado a loja filial da OLIVA e ainda na vida política, destacando-se por ter integrado a comissão política da candidatura de Norton de Matos e, mais tarde, Humberto Delgado.
Apresentaram um belíssimo e interessante documentário sobre a vida de Carlos Roque de Oliveira Sousa, com testemunhos de amigos coetânios, relatando-se assim uma importante parte da História da Cidade de Santarém no século XX, criado por Francisco Mendes e realizado por Carlos Seixas Pires.

Da mesa fizeram parte, além do autor, o Professor José Henriques Dias, o vereador Ludgero Mendes, o nosso amigo João Moreira.
Estiveram presentes, entre outros, o actual presidente do Círculo, Eliseu Raimundo, o representante da Câmara Municipal Vitor Varejão, o Professor Veríssimo Serrão e, ainda, aquele que no anterior regime de Salazar foi considerado “reincidente subversivo e perigoso”, um homem que se bateu e sofreu pelos valores da liberdade, esse homem que é hoje um exemplo vivo com os seus 94 anos, Edmundo Pedro.
No final da apresentação Carlos Carranca leu um poema dedicado a Santarém. Do livro que publicou destaco o excerto: "(...) Esta palavra saudade/é feita de mar de gente/é da cor da liberdade/incendiária e urgente.
[LB]

Sarau comemora 57 anos cheios de vida

Comemorações do 57.º do CCS

Sobre o Sarau de 3 de Dezembro

O Círculo Cultural Scalabitano comemorou no passado sábado dia 3 de Dezembro, o seu 57.º aniversário, com uma gala que decorreu no renovado Teatro Taborda.
Actuaram as secções e academias, numa demonstração da vitalidade e da diversidade de oferta cultural que atualmente oferecem a Santarém.
Em breve intervenção de abertura, o presidente da associação, reconheceu o momento difícil que todo o movimento associativo atravessa, devido à crise e à ausência de pagamento de compromissos assumidos por algumas entidades, mas reforçou a importância da actividade desenvolvida para a oferta cultural de Santarém e agradeceu a todos os voluntários, professores e mestres que têm tornado possível ao Círculo manter a sua atividade, desde sempre pautada por elevados padrões de qualidade, envolvendo semanalmente mais de um milhar de ativistas.
Quanto ao espectáculo propriamente dito, entendido mais como uma festa, dedicou parte substantiva da sua programação à apresentação de aspectos menos conhecidos da atividade cultural do Círculo Cultural Scalabitano.
A abertura esteve a cabo da Oficina da Música com duas guitarradas pelo jovem João Pedro Limeiros de apenas 7 anos, bandolim da Orquestra Típica Scalabitana que Interpretou “Canto Amor” de Carlos Paredes e “Fado Corrido” de Alfredo Marceneiro. Seguiu-se-lhe a também jovem Rita Figueiredo, soprano da Orquestra Típica Scalabitana, que interpretou “What a Wonderful World” (versão imortalizada por Louis Armstrong), “Senhora do Mar” e “Chuva” (música popularizada por Marisa).
Seguiu-se a intervenção do Jardim do Tango que nasceu há 2 anos no Círculo Cultural Scalabitano, onde dá as suas aulas regulares aos domingos. São a mais recente oficina desta associação, mas têm participado em vários espectáculos e festivais internacionais, como o Festival de Sitges (Barcelona, Espanha), onde a sua paixão e dedicação fez deles a figura do cartaz da sua próxima edição. Vasco Serranho e Carla Cruz dançaram “Por una Cabeza”, um original de Carlos Gardel, num primeiro momento e mais tarde “De Mis Tiempos”, uma milonga, o ritmo mais “crioulo” do tango argentino.
O Grupo an!mal nasceu em 2007 formado por alunos da Escola Alexandre Herculano que, após terminar os estudos naquela escola, quiseram continuar o seu clube de teatro. O seu professor Rui Lopes veio ter ao Círculo e ao Veto e a sintonia foi perfeita. Desde essa altura no seio do Círculo, entre nós, têm participado todos os anos no projecto PANOS, uma organização da CulturGest, tendo apresentado um dos seus trabalhos: “O Gajo”, texto ícone do grupo.
Vertente eventualmente menos conhecida do trabalho que se desenvolve no Círculo, a Academia de Esgrima Histórica e Artística, estruturada em três componentes: Formação Desportiva, Formação Histórica e Artística e Grupo de Recreação Histórica “Scalabitanus” que está no CCS desde 2001. No sarau, apresentaram algumas técnicas de combate Medieval e Renascentista, num momento que talvez pela surpresa criada, suscitou o interesse de inúmeras pessoas em inscrever-se para aprender esta nobre arte das escolas portuguesas e europeias.
A professora Encarnação Noronha e as suas alunas da Academia de Dança e Expressão Corporal trouxeram ao sarau o Ballet com uma coreografia criada a partir do tema “LOVE” (imortalizada por Nat King Cole). No palco do Teatro Taborda, estiveram alunas de dois níveis de aprendizagem do Ballet: Avançado e Grau 7.
O Veto Teatro Oficina apresentou um excerto do espectáculo “Beatriz Costa, uma Mulher Admirável”, também ele um excerto do filme “Aldeia da Roupa Branca”.
Neste pedaço, não apareceu a grande atriz, mas com o Veto, fomos à aldeia ver como vão os carregos de roupa para Lisboa e a festa, num quadro da mais viva comicidade.
O Sarau terminou com um convite a todos os presentes para dançar um tango, pelo que o palco se encheu de alegria e risadas, numa demonstração de que a cultura está viva e o Círculo é de facto uma associação de referência da cidade.
[Nuno Domingos]

Comemorações do 57.º Aniversário

03 DEZEMBRO – SÁBADO

16H30 – TERTÚLIA “MEMÓRIAS DO CCS NO SÉCULO XX”

Por Luísa Barbosa, com Testemunhos das Secções, Academias e Oficinas.

18H00 – SARAU “EVOCAÇÕES…”

Pelas Secções, Academias e Oficinas [Coro do CCS,, Orquestra Típica Scalabitana, Veto Teatro Oficina, Dança e Esgrima Artística, Música, Teatro Animal, Pilates e Jardim do Tango.
Preço: Entrada Livre
Local: Círculo Cultural Scalabitano - Teatro Taborda.

21H30 – RECITAL “MÚSICAS MEMORÁVEIS” de Eduarda Soeiro

Eduarda Soeiro Preço: 5,00€
Local: Círculo Cultural Scalabitano - Teatro Taborda.

 

 

 

04 DEZEMBRO – DOMINGO | 16H00

“A PRINCESA COM ORELHAS DE BURRO“

Teatrinho de Santarém O rei e a rainha tiveram uma filha que nasceu com orelhas de burro, porque foi enfeitiçada por uma fada. Só depois de provar que era inteligente é que o feitiço acabou… É um conto tradicional teatralizado com muita irreverência e diversão!
Pelo Teatrinho de Santarém
Preço: 3,00€
Local: Círculo Cultural Scalabitano - Teatro Taborda.

 

07 DEZEMBRO – QUARTA-FEIRA | 21H30

FILME: “A MORTE CARLOS GARDEL”

Cartaz Organização conjunta do Cineclube de Santarém e do Jardim de Tango - Atelier de Tango do CCS (Iniciativa integrada nas comemorações do 2º aniversário do Jardim de Tango)
De: Solveig Nordlund
Com: Rui Morrison, Teresa Gafeira, Célia Williams, Carlos Malvarez
Género: Drama
Classificação: M/12
POR, 2011, Cores, 85 min.
A sessão contará com a presença da realizadora Solveig Nordlund para uma conversa com o público.
Preço: 4,00€
Local: Teatro Sá da Bandeira

08 DEZEMBRO – QUINTA-FEIRA | 15H00

Palhaços – Branquinho, Cabeça de Nabo e Pantufa

Palhaços Veto Veto -Teatro Oficina
Preço: 3,00€
Local: Círculo Cultural Scalabitano – Teatro Taborda

 

 

 

09 e 10 DEZEMBRO – SEXTA-FEIRA e SÁBADO | 21H30

MUSICAL “JÁ É NATAL” pelo Coro Infantil do CCS, Academia de Dança e Veto Teatro Oficina

“JÁ É NATAL” Preço: 5.00€
Local: Teatro Sá da Bandeira.

 

 

 

 

 

11 DEZEMBRO – DOMINGO | 16H00

RECITAL “DISNEY” de Eduarda Soeiro

Colaboração do Veto Teatro oficina
Preço: 3,00€
Local: Local: Círculo Cultural Scalabitano – Teatro Taborda

 

16 DEZEMBRO – SEXTA-FEIRA | 21H30

CONCERTO DE NATAL pelo Coro do CCS

Local: Sé de Santarém (Igreja do Seminário).

 

 

 

17 DEZEMBRO – SÁBADO | 16H00

APRESENTAÇÃO DO LIVRO DE POESIA “COM O CACHIMBO DE MEU PAI”

CARTAZ de Carlos Carranca, em HOMENAGEM a Carlos Oliveira Sousa – pai do autor e um dos presidentes do Círculo Cultural Scalabitano – por Ludgero Mendes e José Henrique Dias (Prof.).
Participação de João Moreira e do Grupo de Guitarra e Canto do C.C.R. de Santarém.
FADOS DE COIMBRA pelo autor do livro e pelo Grupo de Guitarra e Canto.
Org.: A Tertúlia da Cidadania
Preço: Entrada Livre
Local: Círculo Cultural Scalabitano – Teatro Taborda

 

18 DEZEMBRO – DOMINGO | 16H00

O.T.S. “65 ANOS A CANTAR O RIBATEJO”

OTS Concerto de Natal pela Orquestra Típica Scalabitana
Preço: 5,00€
Local: Teatro Sá da Bandeira

 

 

“Uma Visão Contemporânea de Santarém”

Exposição 17 a 30 de Novembro no C.C.S.

Imagem A Direção do Círculo Cultural Scalabitano promove, a exposição “Uma Visão Contemporânea de Santarém”, de Vera Cruz e Norberto Rocha, no átrio da sua sede, na rua Maestro Luís Silveira, nº 4, a partir do próximo dia 17 a 30 de Novembro, de segunda a sexta feira, das 16h às 20h.
A exposição que agora se apresenta, pretende reavivar a memória e monumentalidade da cidade através da fotografia criativa com toques de contemporaneidade que nos leva a desenvolver e alimentar uma imagem de beleza e excelência da cidade que nos acolhe.
Tendo por base o olhar dos autores sobre a cidade de Santarém, pode deleitar-se com os Postais inéditos alusivos a Santarém, impressos em cartolinas especiais com efeitos de troquel e embelezados com aplicações que destacam os olhares da câmara fotográfica e os pormenores muitas vezes esquecidos; com Quadros de imagens da cidade utilizando a técnica mista sobre tela emoldurados em estilo country ou em madeira pirogravada. Na exposição poderá ainda encontrar outros objectos de artesanato como os Candeeiros com diferentes temas elaborados a partir de material recilado, colares tecidos em croché, de design inspirado nas tribos da amazónia ou em massa vitrificada com motivos variados inspirados na arte contemporânea e ainda peças em croché endurecido alusivos à quadra natalícia.

top

 

¬ Novembro

Workshops de Tango Argentino

19 de Novembro, Sábado no CCS das 15h00 às 19h00

Cartaz O JARDIM DE TANGO, Atelier de Tango Argentino da Academia de Dança do Círculo Cultural Scalabitano, comemora durante o mês de Novembro o seu 2º aniversário levando a efeito várias iniciativas para assinalar a data entre as quais workshops de Tango Argentino a realizar no CCS no próximo Sábado dia 19 de Novembro das 15h00 às 19h00.
Veja aqui o programa completo das inciativas e descarregue aqui a Ficha de Inscrição.

O Tango Argentino é um mundo, no mundo da Dança. Para o conhecer melhor, convidámos um conjunto de professores do Tango nacional e não só, para apresentar os vários estilos dentro do Tango. 4 Workshops, abertos a qualquer idade e nível de aprendizagem de dança. “Primeiros passos” às 15h00.

Limitado à lotação – pré-inscrição no Jardim de Tango ou C.C.S.

  • 15:00 – 15:50 – Aprenda os “Primeiros Passos” – Vasco Serranho & Carla Cruz – Prática Assistida (Eliseu Beja, MªJoão, Kimberley)
  • 16:00 – 16:45 – Técnica de base para Homens: Caminhar e Pivotear (Eliseu Beja)– Técnica de base para Mulheres: Caminhar e Pivotear (Maria João)
  • 16:45 – 17:20 – Técnica Conjunta: Caminhar e Pivotear (Eliseu Beja & Maria João)
  • 17:30 – 18:20 – Ballet para Tango – Kimberley Ribeiro
  • 18:30 – 19:20 – Conforto e Eficácia – Gato Milongueiro & Patrícia Santos
  • 19:30 – 20:00 – Aula Magistral
  • Local: Círculo Cultural Scalabitano – Rua Maestro Luís Silveira, Santarém

top

 

¬ Outubro

“Domingo Há Teatro Para Crianças”

23 e 30 de Outubro às 16h00

Cartaz A oficina de teatro juvenil an!mal, do Círculo Cultural Scalabitano, apresenta a peça “O Estendal 2 Os Bons Lobos Maus”, no palco do Teatro Taborda, nos próximos domingos dias 23 e 30 de Outubro, pelas 16h00.
Com história original de Joana Oliveira e encenação de Francisco Selqueira, o Estendal conta a história de três crianças traquinas que irão ter dois encontros muito inesperados…Conhecerão a Fada que lhes vai ensinar a nunca desistir de sonhar, a acreditar! E terão de encarar o Lobo que, afinal, lhes vai provar que não há lobos maus, nem lobos bons… há simplesmente… lobos!!!
As três vizinhas velhotas não vão faltar, nem outras personagens bem conhecidas do imaginário comum, habitantes de outras histórias…
Para conhecer que outras histórias pode contar um estendal, esperamos pela vossa presença.

Marcações de bilhetes:

  • circuloscalabitano@gmail.com
  • TELEFONE 243321150 13h-20h
  • António Júlio 914056181
  • Local: Círculo Cultural Scalabitano
  • Data: 17 a 30 de Novembro
  • Horário: De 2ª a 6ª feira, das 16h às 20h

top

 

¬ Setembro

Inscrições 2011 - 2012

Atelier de Tango Argentino, Ballet, Coro Infantil, Oficina da Música, Pilates

Cartaz O Círculo Cultural Scalabitano reabre as suas portas dia 1 de Setembro retomando a actividade das suas academias e oficinas.
As inscrições deverão ser realizadas na sede do C.C.S. entre as 14:00h e as 19.00h de 2ª a 6ª feira.

A Academia de Dança e Expressão Corporal inicia a sua actividade dia 1 de Setembro com o Ballet podendo consultar os horários previstos para este ano aqui.
Os níveis facultados vão desde o INFANTIL e Pre-Primary até ao Advanced Foundation do programa da Royal Academy of Dance - www.rad.org.uk.
Atelier de Tango Argentino aos Domingos das 18h00 às 20h00 clique aqui para saber mais
Pilates continua com a sua actividade facultando diferentes horários.

A Oficina da Música irá ter aulas de viola e Guitarra Eléctrica mas também outros instrumentos.

NOTA: Caso não seja sócio e pretenda frequentar alguma das actividades propostas pode, no acto da inscrição, fazer a sua proposta de sócio do C.C.S. Os nossos contactos aqui.

top

 

¬ Julho

II Atelier de Verão

4 a 15 de Julho - diáriamente das 9h30 às 18h30

Ballet, Barra de Chão, Canto, Dança Contemporânea, Dança Histórica, Expressão Dramática, Hip Hop e Pilates

Cartaz O Círculo Cultural Scalabitano através da sua Academia de Dança pretende realizar de 4 a 15 de Julho o II Atelier de Verão destinado a jovens a partir dos 12 anos de idade com actividades das 9h30 às 18h00.
Este atelier incluirá as disciplinas de Ballet (vários níveis-ver ficha de inscrição), Barra de Chão, Canto, Dança Contemporânea, Expressão Dramática, Hip Hop e Pilates, a que se acrescenta neste II Atelier a disciplina de Dança Histórica orientada por Vicente Trindade Site Externo. com inscrições abertas também a adultos em horário exclusivo.
As inscrições devem ser realizadas impreterivelmente até ao dia 27 de Junho na sede do Círculo Cultural Scalabitano entre as 14h00 e as 20h00.
Dado tratar-se de um atelier intensivo existe a possibilidade de providenciar almoço com transporte, devendo os interessados solicitar no acto da inscrição a informação relativa a essa possibilidade.
Veja aqui os horários
Veja o painel dos professores
Descarregue aqui a FICHA DE INSCRIÇÃO
Os nossos contactos aqui.

top

 

¬ Junho

an!mal apresenta “O Estendal 2”

Peça infantil

Ante-Estreia, dia 18 de Junho, 17.30h Estreia, dia 19 de Junho, 16h Círculo Cultural Scalabitano

An!mal apresenta “O Estendal 2“ O estendal é agora de três crianças traquinas que irão ter dois encontros muito inesperados…Conhecerão a Fada que lhes vai ensinar a nunca desistir de sonhar, a acreditar! E terão de encarar o Lobo que, afinal, lhes vai provar que não há lobos maus, nem lobos bons… há simplesmente… lobos!!! As três vizinhas velhotas não vão faltar, nem outras personagens bem conhecidas do imaginário comum, habitantes de outras histórias…
Mas que histórias pode contar um estendal?

 

Caminhos da República:

Do Clube Democrático ao Grémio Literário Guilherme de Azevedo

Teatro Taborda 18 de Junho, pelas 16 horas, Sessão Inaugural da Exposição Virtual

Cartaz A Comissão Executiva das comemorações do Centenário da República do Círculo Cultural Scalabitano, no sábado, dia 18 de Junho, pelas 16 horas, no Círculo Cultural Scalabitano, promove uma sessão inaugural da Exposição Virtual “Caminhos da República: Do Clube Democrático ao Grémio Literário Guilherme de Azevedo”, que será apresentada por Leonor Lopes, coordenadora científica da exposição, Luísa Barbosa, historiadora e os estagiários de Artes e Multimédia da Escola Superior de Educação de Santarém: António Raposo e Marina Dinis.
No âmbito das Comemorações do Centenário da República, criou-se no seio do CCS uma comissão executiva que promoveu ao longo de 2010, um conjunto de iniciativas e que agora encerra os seus trabalhos com a apresentação desta exposição virtual.
Pretende-se com ela promover o conhecimento da I República e do movimento republicano em Santarém, dar a conhecer, nesse contexto, a génese do Grémio Literário Guilherme de Azevedo, os seus principais actores e ainda divulgar, no seguimento das pesquisas efectuadas, um conjunto de documentos: arquivísticos, bibliográficos e iconográficos que ajudem a reflectir e a compreender a influência da figura de Guilherme de Azevedo e o desenvolvimento e consolidação da ideia republicana em Santarém.
Está organizada em 5 painéis que se desenrolam entre a década de 70 e a implantação da República em 5 de Outubro de 1910.
São abordados dois momentos fulcrais: a inauguração do primeiro clube republicano, o Clube Democrático e a criação do Grémio Literário, fundado em 1905, invocando ambos o nome do poeta escalabitano falecido em Paris em 1882.
A investigação foi coordenada por Leonor Lopes, directora do Arquivo Distrital de Santarém, coadjuvada por Luísa Barbosa, do Círculo Cultural Scalabitano, apoiadas por Vera Duarte, guia-intérprete e Dina Araújo, directora das bibliotecas do Instituto Politécnico de Santarém e graficamente concebida por António Raposo e Marina Dinis, estagiários do Curso de Artes Plásticas e Multimédia da ESES.

top

 

¬ Maio

“Para sempre Coimbra”

Espectáculo Musical/Fado 14 de Maio de 2011, Sábado, 21h30

Círculo Cultural Scalabitano - Teatro Taborda

O grupo de fados “Para Sempre Coimbra” é constituído por cinco elementos, são eles: João Desidério (viola), Jorge Simões (guitarra de Coimbra), Nuno Gaspar (voz), Ricardo Santos (guitarra de Coimbra) e Vasco Nogueira (viola). O grupo tem cerca de um ano de existência, formando-se na escola de guitarra do ISEC e conta já com várias actuações na zona de Coimbra. Interpreta temas bem próprios do fado de Coimbra como: “Samaritana”, “Balada da Despedida”, “Saudades de Coimbra”, “Solitário”, entre outros. Desloca-se desta vez a Santarém para levar o fado.
Os interessados deverão adquirir o seu bilhete no Circulo Cultural Scalabitano.
Rua Maestro Luís Silveira nº 4, 2000-117 Santarém ou reservar 243.321.150 ou circuloscalabitano@gmail.com
(levantamento de reservas até 30 mins. antes do espectáculo)

XX Encontro de Coros do Ribatejo

14 e 15 de Maio

Cartaz
Clique para ver maior
O Coro do Círculo Cultural Scalabitano organiza, entre os dias 14 e 15 de Maio, o XX Encontro de Coros do Ribatejo. Este evento visa divulgar a arte de maestros e cantores dos Coros Ribatejanos, permitindo a integração dos grupos participantes, proporcionando um crescimento técnico, destacando talentos, promovendo o intercâmbio entre artistas e contribuindo, dessa forma para o desenvolvimento da Música Coral. É, também, uma oferta cultural que visa reforçar o gosto pela música, criando um espaço de contacto entre melómanos de todas as faixas etárias, captar novos públicos e proporcionar actuações de elevado nível. Outro grande objectivo deste evento é a valorização da música coral ribatejana através da visibilidade dada a vários grupos que residem no Ribatejo. Pretende ser um contributo para a animação cultural da cidade de Santarém, utilizando e valorizando o património edificado enquanto espaço com boas condições para a fruição musical.
A abertura deste fim-de-semana coral tem lugar no dia 14 de Maio (Sábado), pelas 16h00 no Teatro Taborda (Círculo Cultural Scalabitano), com a conferência/debate: “O futuro dos Coros Amadores”, dirigida pelo Professor Doutor José Maria Pedrosa D’Abreu Cardoso (Universidade de Coimbra). Neste mesmo dia, pelas 21h30, decorrerá na Igreja de Marvila um concerto coral com a participação do Coral Polifónico Jubilare de Alcanena, Grupo Coral de Tancos, Orfeão de Almeirim e Orfeão do Entroncamento.
No dia 15 de Maio (Domingo), pelas 15h00, terá lugar no Convento de S. Francisco o concerto de encerramento do XX Encontro de Coros do Ribatejo. Nele participarão o Chorus Auris (Ourém), Coral Canto Firme de Tomar, Orfeão de Abrantes, Choral Phydellius (Torres Novas) e o Coro do Círculo Cultural Scalabitano.

top

 

¬ Abril

XXXVI Encontro de Coros

Comemorativo do 25 de Abril

Igreja da Graça 2ª feira 25 de Abril 17h00

Este evento, integrado nas Comemorações do 25 de Abril e de entrada livre, com organização dos Coros Infantil e Adulto do C.C.S., pretende ser uma oferta cultural que visa reforçar o gosto pela música, criando um espaço de contacto entre melómanos de todas as faixas etárias, captar novos públicos e proporcionar actuações de elevado nível.

Coros Infantil e Adulto do Círculo Cultural Scalabitano em Festa

Cartaz
Clique para ver o clip de video 17MB
No passado dia 15 de Abril, o Coro do Círculo Cultural Scalabitano (CCS) celebrou a passagem do seu 38º aniversário com uma Gala no Teatro Taborda. O Coro do Círculo Cultural Scalabitano é herdeiro do Orfeão Scalabitano, fundado em 1925, em Santarém e do Coro Alfredo Keil, e como tal, assumiu a responsabilidade de transmitir aos outros esta herança através do canto. A Gala consistiu em vários momentos musicais protagonizados pelos coros Infantil e Adulto e Departamento de Dança do CCS e, numa segunda parte, pela Orquestra de Acordeões do Cartaxo. Integrada neste espectáculo esteve também a homenagem feita à maestrina Tilita valente, antiga directora artística do Coro do CCS.

Gala 2011

15 de Abril Comemorativa do aniversário do Coro do CCS

Cartaz
Clique para ver maior
O Coro do CCS e o seu Coro Infantil comemoram o seu aniversário apresentando um espectáculo na próxima 6ª feira dia 15 de abril pelas 21h30 no Teatro Taborda do CCS.

 

 

 

 

top

 

¬ Março

65º Aniversário da OTS

21 Março Sábado 21h00

Cartaz
Clique para ver maior
A Orquestra Típica Scalabitana comemora o seu 65º Aniversário apresentando-se hoje pelas 21h00 no Palco Super Bock em palco integrado nas Festas de S.José 2011

 

 

“Arte Bicéfala”

Música e imagem num encontro de artes - 11 Março

Cartaz
Clique para ver maior
O Teatro Taborda veste-se a preceito para receber um espectáculo multimédia que cruza a música coral com a projecção de imagens que ilustram esta simbiose. Trata-se de um método bicéfalo de criação que espelha diversas sensibilidades e gostos musicais dentro de um mesmo conceito. Um coro e um projector sincronizam uma partitura cine-musical onde a variedades de estilos musicais e a liberdade criativa são os únicos critérios que se impõem.

 

  • Música
  • Local: Teatro Taborda (Círculo Cultural Scalabitano)
  • Data: 11|Março [sexta-feira]
  • Horário: 21h30
  • Duração: 60 min
  • Classificação: M6
  • Preço: 5€

top

 

¬ Fevereiro

“Rendez-vous” musical:

A OTS recebe amigos!

No dia 25 de Fevereiro, pelas 21,30h, a Orquestra Típica Scalabitana abre as suas portas.
No palco do teatro Taborda (Círculo Cultural Scalabitano), terá lugar um Ensaio Trajado.
Os principais convidados serão os jovens da nossa cidade e, em especial, os alunos do Clube de Teatro do Agrupamento de Escolas D. João II - Santarém e famílias.
A Escola e o Teatro vão à Orquestra. Venha também...

“La Nona”

5 e 6 de Fevereiro 21h30 Vale de Santarém

Cartaz
Clique para ver maior
Depois do sucesso que foram as várias apresentações realizadas no Teatro Taborda, em Santarém, o Veto inicia a digressão/2011 do espectáculo La Nonna, com a realização de uma sessão dupla na Sociedade Recreativa Operária do Vale de Santarém nos dias 5/2 às 21.30 e 6/2 às 16.00.
Comédia de situações grotescas, retrata uma família de imigrantes italianos. Uma avó centenária, La Nonna, de dimensão quase sobrenatural, que devora insaciavelmente todos os alimentos que encontra ao seu alcance, acabando por arruinar material e moralmente toda a sua família e levá-la até à sua destruição total.

Caminheiros do C.C.S.

Caminhada da “Pia do Urso”

Realizou-se no dia 6 de Fevereiro, Domingo, no lugar da Pia do Urso, freguesia de São Mamede, Concelho da Batalha, a 12 kms de Fátima, a caminhada da Pia do Urso, organização a cargo do grupo associativo CLAC do Entroncamento. Percurso de 9 Km de extensão, aproximadamente, com uma participação de 83 caminheiros. O CCCS fez-se representar com um grupo de 9 elementos.
[António Jeremias]
Leia mais aqui e veja as fotos.

top

 

¬ Janeiro

“Já é Natal?” o Musical

6 Janeiro (5ª feira, às 21h30) no TSB

Cartaz
Clique para ver maior
Depois do sucesso alcançado com a estreia a 9 de Dezembro do musical “Já é Natal?”, os Coros Infantil e Adulto, a Academia de Ballet e alguns actores do VETO Teatro Oficina do Círculo Cultural Scalabitano, voltam a apresentar este espectáculo dedicado às famílias no próximo dia 6 de Janeiro de 2011, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira. Música e literatura voltarão a fundir-se para resultarem num forte contraste visual e tímbrico. A Joana e o Manuel voltam a ser amigos, personificando aquilo que de melhor une a espécie humana: a amizade e o amor.
Os bilhetes encontram-se à venda no Círculo Cultural Scalabitano (tlf. 243 321 150).

A universalidade da Música permite que no Natal músicos de todo o mundo se reúnam e "cantem" esta época tão especial. Os Coros Infantil e Adulto do Círculo Cultural Scalabitano propõem, neste concerto dedicado às famílias, recriar alguns dos grandes clássicos de Natal (Deck the Halls, Silent Night, We three kings, Adeste Fidelis, O Tannenbaum, Oh Happy Day, The First Nöel, Sleigh Ride, White Christmas ou Jingle Bells) e dar-lhes uma nova roupagem através de estilos tão diversos como o Pop, Funky, Reggae, Jazz, Rock n’Roll, Broadway, Country, Gospel, entre outros. Apresentando em palco um forte contraste tímbrico, estas vozes interagem com grande facilidade com o público envolvendo-o no seu espectáculo através da participação nas suas músicas. É também uma época de grandes contos quase sempre ligados ao imaginário infantil e ao sentimento que se vive nesta época. Como será, em palco, a fusão destas duas criações humanas: Música e Literatura?
Este musical gira em torno do conto “A Noite de Natal” de Sofia de Mello Breyner Andresen. Joana é filha única e nunca tem ninguém para brincar debaixo do grande cedro do jardim. Um dia, quando estava no muro de casa, conhece Manuel, um menino pobre que vivia num casebre no pinhal e convida-o para entrar e brincar com ela. Na noite de Natal, a pequena perguntou à velha cozinheira se o seu novo amigo ia receber prendas. Quando esta lhe diz que não, porque o Manuel é muito pobre, Joana fica triste. Quando toda a gente saiu para a Missa do Galo, a Joana pegou nos seus presentes e foi dá-los ao Manuel. Um conto de Natal simples, com a magia e a beleza de uma história infantil.
Trata-se de uma proposta de grande beleza e singularidade para assinalar a quadra natalícia que se avizinha.

 

top