Ballet

Alunos do Ballet do C.C.S. em 2004 - Foto Trifoto
Clique para ver maior

 

O Ballet da Academia de Dança e Expressão Corporal do Círculo Cultural Scalabitano regista já, uma longa existência. Principiou a sua actividade em Outubro de 1955, sob a direcção artística da professora Bruna Barocchi. No ano seguinte, assumiu a responsabilidade do ensino da dança clássica, a professora Wanda Ribeiro da Silva, que se destacou no país pelo papel importante na divulgação desta arte através do ensino, tendo sido professora e directora da Escola Superior de Dança. Santarém, beneficiou da sua dedicação, empenho e inovação. Sob a sua iniciativa, numa atitude pioneira, criou a partir de 1959 uma classe de rapazes, rompendo com o preconceito arreigado de uma cidade de província. Um desses rapazes escalabitanos bailarinos, António José Simões, foi ainda um profissional no grupo de Bailado do Verde Gaio.

Pela sua direcção passou ainda outro grande nome do bailado nacional que foi Ana Máscolo. Ana Pereira Caldas, aluna de Wanda Ribeiro da Silva, no Círculo Cultural Scalabitano, prosseguiu a grande missão do ensino e foi substituída por Fátima Sampaio, sua aluna, para ascender a outros lugares de destaque, tendo sido eleita directora da Escola Superior de Dança, em 1985, e em 2001 foi nomeada directora da Companhia Nacional de Bailado.

Fátima Sampaio, também ela aluna e, mais tarde, coreógrafa e professora desta secção de Dança. Esta professora e um grupo de colegas bailarinos do Círculo Cultural, impulsionados pelas políticas de descentralização da dança, criaram o Grupo Experimental de Bailado, em 1981, integrando, pela primeira vez, a vertente do espectáculo de dança no Círculo Cultural. Este projecto desenvolveu-se e culminou com a formação de uma companhia profissional de bailado -Companhia de Dança do Tejo - que trabalhará até 1992, em constante e frutuosa colaboração com a vertente do Ensino do CCS.

Em 1986, regressou ao Círculo Cultural Scalabitano, onde tinha iniciado os seus estudos, a bailarina, professora Encarnação Noronha que dá um novo impulso à Academia de Dança, provocando um aumento significativo de novas adesões à prática desta disciplina das artes, que é o Bailado. Actualmente as classes de bailado contam com mais de uma centena de alunas. Anualmente são submetidos a exames e audições da Royal Academy of Dance Site Externo., a prestigiada academia inglesa, após selecção pela responsável pedagógica, Encarnação Noronha, membro registado da RAD e Vítor Murta, também membro registado da referida academia.

 

top